NOTÍCIAS

27-FEV-2024

Parceria entre Prefeitura e Governo do Pará integra agricultores de Abaetetuba ao programa "Territórios Sustentáveis"

Serão 160 produtores rurais beneficiados com ações que impactam positivamente na economia e na preservação do meio ambiente.

#Agricultura POR NATALIA 27 DE FEVEREIRO DE 2024

Produtores já começaram a receber os benefícios do programa que visa fortalecer a agricultura de forma sustentável

Promover uma agricultura produtiva, forte e ao mesmo tempo sustentável, fundamentada em ações de desenvolvimento socioeconômico de baixo carbono. Esse é o principal objetivo de mais uma parceria estabelecida entre Prefeitura de Abaetetuba e Governo do Pará, com adesão do programa "Territórios Sustentáveis", cuja cerimônia de apresentação foi realizada nesta terça-feira (27), na Feira Municipal do Agricultor Rural.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma ação do Plano Setorial de Mudança do Uso da Terra e Florestas, denominado Plano Estadual Amazônia Agora (PEAA). O Programa estabelece um modelo de desenvolvimento social econômico baseado na valorização de ativos ambientais no Pará. A nível estadual, o "Território Sustentáveis" é executado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e no município suas ações ficarão a cargo da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagri).

Com grandes expectativas de melhora para a produção a partir das ações do programa, as famílias de agricultores beneficiados lotaram a cerimônia de lançamento do "Territórios Sustentáveis". Na mesa de honra estiveram o representante do Governo do Pará, Tiago Catuxo; a Prefeita de Abaetetuba, Francineti Carvalho; o Diretor Regional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuária e da Pesca, Chiquinho Carvalho; a Coordenadora Geral da execução do projeto, Márcia Sidonio, além de representantes de instituições financeiras e Secretarias Municipais.

O Secretário de Agricultura do município de Abaetetuba, Fernando Zacarias, explicou que além de fortalecer o combate ao desmatamento, o programa "Territórios Sustentáveis" alavanca a eficiência das cadeias produtivas, como a do cacau, principal cultura assistida pelo programa, além de outras, como as roças de maniva, bananais e andiroba. Para participar do Programa "Territórios Sustentáveis", o produtor rural precisa ter, obrigatoriamente, a posse de um hectare de terra.

Francineti Carvalho, Prefeita de Abaetetuba, ressaltou que as ações do programa visam fortalecer a geração de renda por meio da agricultura sustentável, com cuidado e preservação do meio ambiente. "Hoje, fizemos a entrega de de fomentos mais o resultado da análise de solo para que eles possam cuidar melhor da sua terra, garantindo assim, uma agricultura de qualidade e que preserve o meio ambiente", afirmou a gestora.

Ao todo, o Programa Territórios Sustentáveis está implantado em 45 municípios do Estado do Pará. Em Abaetetuba, 27 comunidades onde a fonte de renda advém da agricultura foram beneficiadas, sendo 100 produtores da agricultura tradicional, 30 quilombolas e 30 ribeirinhos, totalizando o número de 160 famílias de produtores rurais.

O coordenador Geral do programa no Pará, Tiago Catuxo, salientou os benefícios que os agricultores recebem ao participarem do "Territórios Sustentáveis". "O programa vai além da produção rural em um hectare de terra. A iniciativa oferece segurança ambiental, segurança fundiária e fomento através do crédito rural, pois queremos o agricultor como nosso parceiro", esclareceu.

Para a produtora rural Rosilene Dias, de 40 anos, moradora da Vila Canaã, na comunidade Cupuaçu, o programa surgiu como um resgate de tradições. "Para nós, que trabalhamos com plantio, o programa vem nos beneficiar e incentivar a dar continuidade ao trabalho que começou com nossos avós, pais e é de onde tiramos nosso sustento", relatou a agricultora.

Entre as ações realizadas na execução do programa estão: entrega de insumos (calcário e fertilizantes); distribuição de sementes para sombreamento das produção de cacau; realização de oficinas de técnicas simples para a construção de viveiro de mudas de cacau e produção de mudas; além da entrega permanente de sementes e assistência técnica para a produção.

Texto: Ramon Pinheiro - Ascom/PMA

 

Deixe seu comentário

NOTÍCIAS MAIS RECENTES
#MeioAmbiente Há 4 dia(s)

“Agenda 2030”: Prefeitura Municipal lança o I Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa de Abaetetuba

O documento será usado como base de dados na elaboração de Políticas Públicas para diminuir os impactos das emissões dos gases de efeito estufa no município.

#ConferênciadeMeioAmbiente Há 5 dia(s)

“Cidade Sustentável”: Abaetetuba sedia sua I Conferência de Educação Ambiental do município

Foram dois dias de diálogo entre diversos setores estratégicos e sociedade civil em torno da Educação Ambiental da população no âmbito municipal

#MeioAmbiente Há 11 dia(s)

Projeto “Despertar Ambiental” promove ações de conscientização em escolas municipais de Abaetetuba

Mais de 500 crianças devem participar da primeira etapa de atividades de educação ambiental no município.

#Cidadania Há 14 dia(s)

“Pelos Rios do Pará”: Projeto promove ações de saúde e cidadania no município de Abaetetuba

O ato integra o Programa MP+ Cidadania do Ministério Público do Pará em parceria com a Marinha do Brasil e Prefeitura de Abaetetuba

#Educação Há 17 dia(s)

Prefeitura de Abaetetuba entrega mais uma escola totalmente revitalizada na zona rural do município

Cerca de 130 alunos foram beneficiados com a reforma do espaço educacional

#MeioAmbiente Há 17 dia(s)

I CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE ABAETETUBA

Reflexão e Construção da Política Municipal de Educação Ambiental no Território de Abaetetuba: Desafios e Perspectivas

#Saúde Há 18 dia(s)

Moradores do Bairro São Sebastião celebram a reinauguração da UBS Gabriel Paes em Abaetetuba.

Foram três meses de reforma para garantir maior qualidade e conforto às oito mil pessoas atendidas na unidade de saúde

#TEA Há 19 dia(s)

Prefeitura promove roda de conversa para discutir a inclusão de pessoas com TEA nas redes educacionais do município

Ao todo, oito instituições especializadas em atender pessoas com Transtorno de Espectro Autista participaram do encontro.

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Insatisfeito

Neutro

Satisfeito

Muito satisfeito